EXPANDABLE AREA
Use all default WordPress shortcodes or bring the area to life with custom shortcodes.

Products

Latest Posts

    Go to Blog

    Latest Dribbble Shots

    Loading dribbble images...
    Follow us on Dribbble

    Top Rated Products

    ... and much, much, more ...
    BUY BOLDIAL NOW

    STARTUS NO ESPELHO

    July 21, 2016 by in category Uncategorized with 0 and 0
    Home > Blog > Uncategorized > STARTUS NO ESPELHO

    STARTUPS_NO_ESPELHO

    As áreas de servo e e-commerce são as preferidas do empreendedor digital, que tem como principal público-alvo o cliente coorporativo. As maiores dificuldades estão nos departamentos de vendas e contabilidade

     

    IDADE DA EMPRESA

    29%    Menos de 6 meses

    18%    De 7 meses a 1 ano

    31%    De 1 a 3 anos

    9%      De 3 a 5 anos

    6%      De 5 a 7 anos

    4%      De 7 a 10 anos

    3%      Mais de 10 anos

     

    24 %

    Das empresas têm presença internacional. “O número é alto, se comparado ao que acontece com os negócios tradicionais”, diz Frederico Lacerda, da 21212. As digitais têm a vantagem de poder ocupar mercados estrangeiros com poucas adaptações em seus produtos ou serviços. “Muitas ferramentas, como aplicativos, precisam somente de tradução e de um escritório local para funcionar em outros países”, diz Lacerda.

     

    63%

    Das startups têm como público-alvo clientes corporativos. “A aposta no B2B é uma tendência clara. O formato SaaS [software como serviço] está cada vez mais forte”, diz Francisco Jardim, do SPVentures. “Tudo o que as empresas são capazes pagamentos, gestão e eventos, significa uma oportunidade para as startups.”

     

    PRINCIPAL ÁREA DE ATUAÇÃO

    Serviços                            27%

    E-commerce                    21%

    Publicidade digital           9%

    Aplicativos                         7%

    Educação online               6%

    Mobile                                 5%

    Mídias sociais                    4%

    Games                                 3%

    Conteúdo                            3%

    Outros                               15%

     

    ÁREAS DE MAIOR DIFICULDADE NO INÍCIO DO NEGÓCIO

    Comercial                      16%

    Contabilidade                13%

    Estratégia/negócios      13%

    Programação                  12%

    Jurídica                           12%

    Finanças                         10%

    Marketing                      10%

    Gestão de pessoas          5%

    Design                              4%

    Outros                              5%

     

    TALENTOS PARA DESENVOLVER

    As principais deficiências de quem está abrindo uma startup

    HABILIDADE PARA VENDER

    Apesar de serem os criadores dos serviços e dos produtos que comercializam, os empreendedores têm dificuldades na área comercial. “No Brasil, eles não estão acostumados a montar uma rede contatos e fazer uma venda consultiva, que solucione a necessidade do cliente”, afirma Juliano Seabra, da Endeavor.

    COMPREENSÃO DAS REGRAS

    O emaranhado de tributos e de leis aflige muitos líderes de negócios “É possível entender a gestão da contabilidade, mas é preciso dedicar tempo e energia a isso”, diz Seabra

    RESOLUÇÃO DE PROBLEMAS

    Dificuldades em estratégia e gestão de pessoas são típicas do empreendedor iniciante, que ainda não sabe lidar com os desafios do dia a dia. “Ele só vai aprender a resolver essas questões quando colocar a mão na massa”, afirma Seabra.

     

    PRINCIPAIS OBSTÁCULOS ENFRENTADOS PELO FUNDADOR

    Acesso a capital   28%

    Falta de experiência  19%

    Falta de tempo  13%

    Burocracia  8%

    Falta de programadores e técnicos competentes  7%

     

    CARTEIRA VAZIA

    Falta de recursos está na origem das queixas mais frequentes

    No início do negócio, muitos fundadores já usaram o capital de que dispunham, mas ainda não conquistaram receitas suficientes nem atraíram investidores. Por isso, o acesso ao capital é citado como a maior dificuldade. “Para ganhar escala rapidamente, é preciso ter um investimento inicial alto. O crescimento orgânico é lento”, diz Cassio Spina, da Anjos do Brasil. A falta de tempo está relacionada à ausência de recursos: se o negócio não se sustenta, o empreendedor precisa se dedicar a outras atividades remuneradas para se manter. Com capital baixo – e sem a expertise de um investidor anjo -, também fica difícil montar o time ideal. “Por isso, os empreendedores e técnicos”, afirma Cassio Spina.

     

    Texto: Mariana Iwakura
    3/5

    Add comment

    PROUDLY POWERED BY WORDPRESS ~ CREATED BY ISHYOBOY.COM